Região Blumenau

Rua das Palmeiras ficará interditada neste fim de semana; confira horários

Medida é necessária para a realização da 19ª Corrida e Caminhada Cerene

Autor
Rua das Palmeiras ficará interditada neste fim de semana; confira horários
Foto: Marcelo Martins / Prefeitura de Blumenau

O trânsito de veículos na Alameda Duque de Caxias, conhecida como Rua das Palmeiras, no Centro Histórico de Blumenau, será interrompido neste fim de semana. A medida é necessária para a realização da 19ª Corrida e Caminhada Cerene.

PUBLICIDADE

A interdição da via começa no sábado (25) às 8h e se estende até as 17h de domingo (26). Com isso, ocorrem mudanças não só no trajeto dos veículos, mas também dos ônibus que circulam pela cidade. Haverá modificação no itinerário de 11 linhas do transporte coletivo.

As linhas 10, 11, 12, 15, 17, 30, 31, 32, 401, 501 e 508, sentido Centro, sairão do Terminal Fonte seguindo pelas ruas Amazonas, Oscar Jenichen, Alwin Schrader, XV de Novembro e retornam para o itinerário usual. 

O ponto de ônibus na Rua das Palmeiras, em frente à Celesc, estará desativado. O embarque e desembarque dos passageiros será realizado no ponto localizado no início da Rua Oscar Jenichen. Agentes da Guarda Municipal de Trânsito (GMT) estarão no local para orientar os motoristas.

Tradicional Corrida do Cerene na Rua das Palmeiras

Em sua 19ª edição, a Corrida e Caminhada Cerene – Para uma vida sem drogas – está consolidada na cidade de Blumenau. Este ano, terá percursos de 5 quilômetros e 10 quilômetros para corrida e 3 quilômetros para caminhada. Todas as provas com largada e chegada na Rua das Palmeiras.

O Centro de Recuperação Nova Esperança – Cerene atua desde 1989 no atendimento para reabilitação de dependentes químicos (álcool e outras drogas). Os programas de atendimento oferecidos têm como foco as mudanças comportamentais e a qualidade de vida dos dependentes e seus familiares.

As unidades de atendimento do Cerene ficam em Blumenau, Palhoça, São Bento do Sul, Ituporanga em Santa Catarina e Lapa, no Paraná. Um quadro profissional de 70 colaboradores atende 252 dependentes, sendo 212 no Programa de Atendimento e 40 na Reinserção Social.

Relacionadas