Região Grande Florianópolis

Violência: um morre e 3 ficam feridos no fim de semana em Palhoça

Ataques aconteceram nos bairros São Sebastião, Barra do Aririú e Guarda do Cubatão

Autor
Violência: um morre e 3 ficam feridos no fim de semana em Palhoça
Foto: Divulgação

A violência continua na Grande Florianópolis: um homem morreu e outros três ficaram feridos durante o final de semana em Palhoça. Os ataques ocorreram por motivos diversos e um deles chegou a envolver um adolescente de 17 anos. A Polícia Militar procura os envolvidos, que ainda não foram presos.

PUBLICIDADE

Facadas no São Sebastião

O primeiro registro ocorreu por volta das 16h de sábado (22), na Rua Tomaz Domingos da Silveira, bairro São Sebastião, quando um homem de 52 anos ficou ferido ao ser atingido por golpes de faca após uma discussão com um idoso de 64 anos, o suposto autor do crime. A vítima foi encaminhada ao atendimento médico e não teve o estado de saúde atualizado.

Segundo a PM, o homem ferido é natural de Santa Catarina e tem passagens policiais por ameaça, perseguição, injúria, dano, descumprimento de medida protetiva de urgência, lesão corporal, resistência, desacato, apropriação indébita e falsificação de selo ou sinal público. Já o idoso, que é natural de Alagoas, não possui registro criminal.

Violência na Barra do Aririú

Na madrugada de domingo (23), uma nova tentativa de homicídio foi registrada contra um jovem de 22 anos. Desta vez, na Rua Cristóvão Jacques, bairro Barra do Aririú. Tudo aconteceu por volta das 00h45.

Segundo a PM, a vítima, que é natural do Paraná, estava em um bar com seu tio, quando dois homens desconfiaram que ele estaria filmando o local com seu celular. Ele mostrou o aparelho aos suspeitos, comprovando que não havia nenhuma filmagem. No entanto, a dupla analisou fotos antigas do smartphone, de quando o rapaz ainda morava no estado onde nasceu, e através delas alegou que a vítima era integrante de uma facção rival no Paraná.

Partindo da premissa de que o jovem estaria no local para espionar, os homens o levaram até uma área de mata, o amarraram com pedaços de fios e cordas, amordaçaram e começaram a agredir com madeira, socos e chutes. A todo momento também ameaçavam o rapaz com uma arma de fogo, dizendo que iriam executá-lo.

No entanto, os criminosos saíram correndo ao perceberem a aproximação da viatura policial. A vítima foi encontrada pelos militares e levada ao hospital.

Assassinato na Guarda do Cubatão

Já ao fim da tarde deste domingo, por volta das 17h, a PM relizou o último registro de violência do fim de semana, quando um homem de 38 anos morreu após ser agredido com facões na Servidão Santa Luíza, bairro Guarda do Cubatão. Um adolescente de 17 anos ficou ferido e precisou ser levado ao hospital.

De acordo com a PM, um dos autores seria um homem de 36 anos, que estaria acompanhado por outros que ainda não foram identificados. Após cometerem o crime, os envolvidos fugiram em um Chevrolet Prisma da cor branca.

Ambas as vítimas são catarinenses. O homem possuía registros pelos crimes de ameaça, dano, injúria, tráfico de drogas e lesão corporal, e o adolescente já teria sido apreendido por tráfico de drogas. O único suspeito identificado, que é natural do Paraná, tem passagens por ameaça e lesão corporal.

Relacionadas