Região Blumenau

Vítima de ataque a creche em Blumenau vira personagem de livro

Obra traz a superação, o amor e a esperança diante do luto

Autor
Vítima de ataque a creche em Blumenau vira personagem de livro
Foto: Arquivo pessoal

A história de Bernardo Pabst da Cunha, de 4 anos, vítima do ataque a creche em Blumenau em abril do ano passado, já ganhava as primeiras páginas de um livro, quando drasticamente tudo mudou. Numa manhã de quarta-feira, o menino alegre estava no parque da escolinha com outros amiguinhos. Quando, de repente, um homem invadiu o local e tirou a vida do pequeno Bê e outras três crianças.

PUBLICIDADE

Mas não é por isso que a vida do Bernardo chega ao fim. Ele virou herói de pessoas. Para abraçar as famílias impactadas pelo ataque ao CEI Cantinho Bom Pastor, em Blumenau, que nesta semana completa 1 anos, surgiu Bernardo: uma estrela Brilhante. A obra é da escritora Júlia de Souza Machado, que é madrinha do menino vítima da tragédia.

Obra ajuda família da vítima e outras famílias também

O livro quer ajudar toda professora que perde um aluno e não sabe como explicar para as crianças que o amigo não vai mais voltar no dia seguinte. A história também é para pais que perdem seus filhos e filhas para uma doença sem cura.

“Essa história não se tornou apenas sobre crianças e suas famílias enlutadas, mas sobre cada pai, mãe, parente, amigo, professor e professora que um dia sentiu a dor de perder alguém e não saberem como recomeçar”, explica Júlia.

Bernardo: uma estrela Brilhante

A obra foi publicada pela editora Appris no selo especial Artêrinha e tem ilustrações de Junior Marques. “Esperamos que essa história possa ajudar muita gente, possa abraçar a todos que sentem saudade do abraço de alguém que já não está mais entre nós”, ressalta a escritora.

Além de Bernado Pabst da Cunha, também morreram no ataque a creche em Blumenau: Bernardo Cunha Machado, de 5 anos; Larissa Maia Toldo, de 7 anos; e Enzo Marchesin Barbosa, de 4 anos. Outras cinco crianças ficaram feridas, foram hospitalizadas, mas se recuperaram bem.

Mais sobre a autora

Júlia de Souza Machado, de 23 anos, é madrinha de Bernardo. Ela recebeu do pequeno a missão de lhe escrever um livro. E cultivou a promessa feita desde o lançamento do primeiro livro “Uma Ladra no Reino de Bragança”, publicado pela escritora.

Desde então, Júlia segue com o sonho de impactar vidas de crianças e jovens por meio da literatura. A autora sempre esteve muito ligada ao pequeno e o incentivava.

Júlia e Bernardo. Foto: Arquivo pessoal

Júlia nasceu e foi criada em Florianópolis, capital catarinense. É bacharel em Direito pela Faculdade CESUSC, pós-graduanda pela PUC Minas em Direito Internacional e Direitos Humanos, sendo atualmente Diretora da ONG Afeto – Associação de Fomento à Educação para Todos no polo em desenvolvimento, em Florianópolis.

Lançamento em Blumenau
Dia: 6 de abril, às 13h30min
Onde: Shopping Park Europeu

A autora estará presente de 10h às 22h para autógrafos e entrevistas.

Lançamento em Florianópolis
Dia: 24 de abril, às 19h
Onde: Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina (Alesc)

Relacionadas