Região Blumenau

Homem é executado em frente a creche; mulher e criança ficam feridas

Alvo dos tiros era pai de uma aluna; crime teria ligação com tráfico de drogas

Autor
Homem é executado em frente a creche; mulher e criança ficam feridas
Foto: Reprodução

Atualização: Imagens mostram execução em frente a creche em Indaial. Clique aqui para ver

PUBLICIDADE

Leia também: Criança atingida por tiro em frente a creche tem apenas 3 anos. Acesse a reportagem

Um homem foi executado a tiros na manhã desta segunda-feira (4), em Indaial, no Vale do Itajaí. O crime aconteceu em frente a uma creche, deixando feridas também uma criança e uma mãe que passavam pelo local. O fato deixou assustados moradores de toda a região, que num primeiro momento pensaram que poderia ser um ataque à unidade de ensino.

O fato ocorreu por volta das 7h45min na Rua Montevidéu, esquina com Rua Minas Gerais, no bairro Tapajós. Em frente ao local, funciona a UEI Hilário Buzzarello. Era o horário de entrada dos alunos, portanto havia movimento de crianças e adultos na região.

O atirador teria atingido o alvo, que estava dentro de um veículo Jeep cinza. O homem do carro não resistiu aos ferimentos. Apesar do socorro ter chegado rápido, ele morreu no local da ocorrência. Já a mulher e a filha, que chegavam na creche no momento do tiroteio, passam bem.

A mãe levou um tiro na perna e a filha foi atingida de raspão pelos estilhaços. As duas foram socorridas pelos bombeiros voluntários e o Samu, sendo levadas ao Hospital Beatriz Ramos. As duas não correm risco de morrer, segundo a Prefeitura de Indaial.

Suposto acerto de contas

A informação de um suposto ataque à creche foi desmentida rapidamente pelo Corpo de Bombeiros Voluntários e pela Prefeitura de Indaial. Confira o vídeo abaixo gravado pelo comandante Evandro Vinotti:

Por meio da assessoria de imprensa, a Prefeitura de Indaial emitiu uma nota com mais informações, para tentar tranquilizar as famílias. Segundo a nota, o crime teria ligação com o tráfico de drogas. Leia:

Na manhã desta segunda, 4, ocorreu nas imediações da UEI Hilário Buzzarello, localizada no bairro Tapajós, um suposto acerto de contas de uma gangue de tráfico. Durante os disparos, um homem que teria ligação com a facção foi baleado e morto. O homem era pai de uma das alunas e estava no local, onde tinha acabado de deixar a filha e a mãe dela, que não foram atingidas.

No momento do ocorrido, também uma mãe e criança que passavam pelo local foram acidentalmente atingidas pelos disparos, a mãe com um tiro na perna e a criança de raspão com os estilhaços. Os Bombeiros Voluntários e o Samu estiveram no local prestando os primeiros socorros. As duas vítimas foram encaminhadas ao Hospital Beatriz Ramos e não correm risco de morte.

Diante dos fatos, a Secretaria de Educação de Indaial reitera que se trata de um crime direcionado. As autoridades competentes estão conduzindo uma investigação. É importante ressaltar que esse incidente não está relacionado a qualquer ataque direcionado à Unidade de Educação Infantil.

Entendemos completamente a preocupação dos pais e responsáveis em buscar seus filhos nas instalações educacionais. Queremos garantir que, se desejarem, poderão fazer isso sem qualquer interrupção no atendimento usual.

A SED também está com a equipe de psicólogos na UEI para atendimento a todos.

Relacionadas