Região Grande Florianópolis

Tiago Silva rebate Roberto Salum: “desiquilibrado e sem credibilidade”

Acusado de desviar dinheiro do Procon, ex-vereador vai acionar Salum na Justiça

Autor
Tiago Silva rebate Roberto Salum: “desiquilibrado e sem credibilidade”
Thiago Silva vai à Justiça contra Salum. Foto: divulgação

O ex-vereador por Florianópolis e também ex-diretor do Procon estadual e municipal da Capital Tiago Silva se manifestou nesta quarta-feira (3) após ter seu nome envolvido em denúncias feitas pelo mais recente ex-diretor do mesmo órgão no Estado, Roberto Salum, de 67 anos.

PUBLICIDADE

Fora da função há quatro dias, após ser alvo de denúncias de assédio sexual e moral contra servidoras do Procon, Salum saiu de cena disparando: segundo ele, as acusações são represálias por conta de investigações de desvio de verba na repartição, irregularidades que, afirma, ocorreram ainda no período em que o órgão tinha como chefe Tiago Silva.

Em nota oficial, Tiago Silva conta que foi surpreendido na manhã de quarta-feira pelo vídeo divulgado por Salum. Na filmagem, o ex-apresentador de noticiário policial revela que investigava um suposto rombo no orçamento do Procon, e cita o nome de seu antecessor como responsável pelas irregularidades.

“Foi um ataque covarde à minha imagem e à minha honra, que proferiu afirmações absurdas e totalmente descoladas da realidade”, afirmou Tiago. Segundo ele, as palavras de Salum são uma estratégia para tentar desviar o foco das graves denúncias das quais é alvo. “Isso subestima a inteligência da sociedade e, sobretudo, dos profissionais de imprensa”, completou Tiago.

Por fim, o ex-vereador da Capital confirma que acionou seu advogado para ingressar com ação judicial contra Salum. “Ele é reconhecido pela personalidade desequilibrada e não tem a mínima credibilidade. Vai responder na Justiça pela calúnia e difamação contra minha pessoa”, completou.

Relacionadas