Região Blumenau

Sem ônibus: Blumenau sofre com paralisação no transporte coletivo

Corredores de ônibus estão liberados para os veículos

Sem ônibus: Blumenau sofre com paralisação no transporte coletivo
Na última terça, ônibus permaneceram parados nos terminais. Fotos: Gabriel Muniz / Massa FM Blumenau

Os moradores de Blumenau foram surpreendidos na manhã desta terça-feira (12) com uma paralisação no transporte coletivo. Não há ônibus circulando pela cidade. A medida é uma iniciativa do Sindicato dos Empregados do Transporte Coletivo Urbano (Sindetranscol).

PUBLICIDADE

Não houve qualquer aviso prévio e muitos trabalhadores chegaram a se deslocar aos terminais, como fazem todos os dias. O mesmo aconteceu com crianças e adolescentes da rede de ensino, que foram para os pontos de ônibus e não encontraram o transporte para ir até a escola.

Paralisação de 24h

De acordo com o presidente do Sindetranscol, Osni Schmitt, trata-se de uma paralisação de 24h e não uma greve. Porém, se houver uma negociação, o sistema pode voltar a operar ainda hoje. Tudo depende do avanço das tratativas entre o sindicato, a empresa Blumob e a Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes (SMTT).

O Sindetranscol alega que a paralisação é motivada pela falta de segurança, citando casos de agressões a funcionários, roubo/furto de celulares e consumo de drogas nos terminais. A categoria também reivindica melhorias, como uma sala de espera maior para os motoristas e cobradores, pois a atual já está pequena.

O que diz a Prefeitura de Blumenau

A Prefeitura de Blumenau, representada pela Secretaria Municipal de Transito e Transportes (SMTT), diz que já está tomando as medidas necessárias para reestabelecer o serviço. Em entrevista ao programa Microfone Aberto, na Massa FM, o secretário Alexandro Fernandes informou que os corredores de ônibus estão liberados para os veículos, com exceção do trecho de contrafluxo da Rua 2 de Setembro.

Sobre as alegações do Sindetranscol, Fernandes alegou que a Prefeitura de Blumenau tem convênio com a Polícia Militar para fazer rondas e estar presente em determinados momentos nos terminais. Segundo ele, os casos de violência foram situações pontuais. “Nos últimos 10 anos, foram apenas 6 boletins de ocorrência, sendo 3 situações no último mês”, declarou.

Confira abaixo a nota oficial emitida pela SMTT na manhã desta terça-feira:

A Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes (SMTT) de Blumenau comunica à população que o serviço de transporte coletivo na cidade está paralisado nesta terça-feira, dia 12 de março. Esta decisão foi deliberada pelo Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Coletivos de Blumenau (Sindetranscol).

A SMTT reconhece os possíveis transtornos que essa paralisação pode ocasionar aos cidadãos de Blumenau e, para facilitar a locomoção da população, informamos que os corredores de ônibus estão liberados para a circulação de veículos particulares durante o período da paralisação. Solicitamos aos motoristas a utilizarem essas vias com responsabilidade, respeitando rigorosamente as normas de trânsito e priorizando a segurança de todos os usuários.

Ressaltamos que a SMTT está empenhada em buscar uma solução rápida para a situação em questão.

Contamos com a compreensão e colaboração de todos durante este período.

Relacionadas