Região Grande Florianópolis

Homem é preso na Grande Florianópolis por maus-tratos a cachorro

Animal vivia preso, sem alimentação adequada e bebendo água suja

Autor
Homem é preso na Grande Florianópolis por maus-tratos a cachorro
Fotos: PCSC / divulgação

Um homem foi preso por crime de maus tratos contra animais, na cidade de São José, na Grande Florianópolis. De acordo com agentes da Diretoria do Bem-Estar Animal, ele mantinha um cachorro preso num terreno, sem comida adequada e água. O animal, que foi apreendido e lavado para um abrigo, também apresentava problemas de pele.

PUBLICIDADE

O local onde o animal foi resgatado, no bairro Ipiranga, mantinha condições consideradas insalubres, em meio a muita sujeira. Num pote no chão, havia água com limo para o cão beber.

Agendes da Dibea contaram que já haviam visitado o endereço algumas vezes, sendo sempre destratados pelo responsável pelo animal. Na última visita, o homem teria agido com violência, o que exigiu desta vez o acompanhamento da Polícia.

Na manhã desta segunda-feira (17), agentes da Delegacia de Proteção a Animais Domésticos do Departamento de Investigação Criminal da Capital (DPA/DIC) foram ao local na companhia dos fiscais da saúde, e acabaram dando voz de prisão ao morador, que reagiu e ofendeu os policiais.

Na delegacia, o homem alegou dificuldades financeiras para não cuidar do cachorro da forma adequada. No entanto, os agentes da Dibea já haviam lhe oferecido atendimento clínico gratuito pelo órgão municipal.

O homem foi preso em flagrante pelo crime de maus-tratos qualificado a animal. O cão foi levado pela DIBEA de São José, que promoverá agora os encaminhamentos para que o cão vá para adoção.

Relacionadas