Região Blumenau

Saiba quem pode buscar pela vacina contra a poliomielite

Apenas as crianças que estiverem com a caderneta de vacinação em atraso têm o direito de receber o imunizante

Autor
Saiba quem pode buscar pela vacina contra a poliomielite
Foto: Divulgação / Governo de SC

A Secretaria de Promoção da Saúde (Semus) está orientando os pais a procurarem a vacina contra poliomielite nos Ambulatórios Gerais da Família (AGFs) e nas Estratégias Saúde da Família (ESFs) que possuem sala de vacina em funcionamento.

PUBLICIDADE

A imunização contra a paralisia infantil está disponível apenas para crianças com até 4 anos, 11 meses e 29 dias, que estejam com a caderneta de vacinação atrasada. É necessário levar a caderneta de vacinação e um documento oficial com foto para receber a vacina.

Durante a Campanha, mais de 4 mil doses foram aplicadas em Blumenau, o que corresponde a 24,31% do público-alvo de 95% de cobertura. As vacinas utilizadas são a oral poliomielite (VOP) e a inativada poliomielite (VIP).

Para crianças com menos de 12 meses, a vacina contra a pólio faz parte da rotina de vacinação. É importante ressaltar que a Campanha Nacional de Imunização encerrou as aplicações de reforço na última sexta-feira (14).

A secretária de Promoção da Saúde, Jaqueline Mocelin, diz que a baixa procura pela vacina da pólio preocupa e é importante esclarecer que a vacina aplicada durante a Campanha é apenas um reforço.

“As equipes seguem focando na atualização da caderneta para os imunizantes em atraso. Por isso é indispensável que os pais levem seus filhos para se vacinar, seja contra a pólio, caso esteja atrasada, ou outro vírus ou doença, porque as vacinas são seguras, eficazes e gratuitas,” finaliza.

Poliomielite

A poliomielite, também conhecida como paralisia infantil, é uma doença viral altamente contagiosa causada pelo poliovírus. Ela afeta principalmente crianças pequenas e pode causar paralisia irreversível em questão de horas. A infecção se dá principalmente através da ingestão de água ou alimentos contaminados com o vírus ou pelo contato direto com uma pessoa infectada.

Os sintomas iniciais da poliomielite podem incluir febre, dor de cabeça, dor de garganta, vômitos e cansaço. Em casos mais graves, o vírus ataca o sistema nervoso central, resultando em paralisia muscular, especialmente nas pernas. Essa paralisia pode ser permanente e, em alguns casos, pode ser fatal se os músculos respiratórios forem afetados.

A prevenção da poliomielite é feita principalmente através da vacinação. Atualmente, a vacinação rotineira contra a poliomielite é uma prática comum em muitos países, o que ajudou significativamente a reduzir os casos da doença ao redor do mundo.

Relacionadas