Região Santa Catarina

Santa Catarina foge dos índices brasileiros de demissão sem justa causa

A maioria das demissões no país partem da empresa, Santa Catarina foge à regra

Santa Catarina foge dos índices brasileiros de demissão sem justa causa
Foto: Reprodução / Internet

Segundo os dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) do governo federal, no período de doze meses encerrados em junho deste ano, 47% das demissões no Brasil não foram por justa causa. Os pedidos de demissão que partiram do trabalhador somam 33%. Os outros 20% estão relacionados à demissão por comum acordo, término de contrato, aposentadoria, óbito e justa causa.

PUBLICIDADE

Santa Catarina é o único estado que foge à regra, onde o número de trabalhadores que pediram demissão (46%) é superior aos desligamentos sem justa causa (33%). O índice indica aquecimento no mercado de trabalho. Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a taxa de desemprego no Estado é de 4,5%.

Em contrapartida, Amapá e Piauí são os estados com os maiores índices de demissão sem justa causa, com 64%, sendo 20% os pedidos que partiram do empregado. No Rio Grande do Sul e no Paraná, os desligamentos sem justa causa são 41%, sendo 40% a pedido do trabalhador no PR e 38% no RS.

Relacionadas