Região Blumenau

Projeto de contação de histórias chega a 4 unidades pré-escolares do Vale

Todas as ações são gratuitas e contarão com tradução em LIBRAS

Autor
Projeto de contação de histórias chega a 4 unidades pré-escolares do Vale
Foto: Sabrina Marthendal / Divulgação

Nos meses de março e abril, quatro Unidades Pré-Escolares (UPE) de Timbó, no Vale do Itajaí, irão receber o projeto Conta que te conto: circulação e formação, idealizado e ministrado pela artista e mediadora literária, Gilmara Goulart.

PUBLICIDADE

No dia 19 de março, ocorrem as apresentações da contação “Conta que te conto: memórias de uma menina”, na UPE Pequeno Príncipe e na UPE Girassol; e no dia 20 de março, na UPE Violeta e na UPE Hortênsia.

O conto narra a história de uma garota serelepe que passava seus dias de férias espiando o que havia nos bolsos da saia de sua mãe. Como contrapartida social, o projeto ainda realizará uma oficina de contação de histórias voltada à professores, nos dias 20 de março, 3 e 10 de abril,  sempre às 18h, na Escola de Artes VEM Cultural de Timbó. Todas as ações são gratuitas e contarão com tradução em LIBRAS.

“O objetivo central deste projeto é a difusão de um espetáculo de contação de histórias da artista e pesquisadora da oralidade Gilmara Goulart, que compartilha narrativas e cantigas que ouviu enquanto cresceu com as crianças.  A história contada através da oralidade permite a interação entre contadores e os ouvintes. Neste território cultural o corpo e a voz propiciam vivências comunitárias, muitas vezes perdidas na aceleração da vida contemporânea”, afirma a produtora cultural do projeto, Deda Silveira.

“Circular com este projeto na cidade onde me constituí, enquanto ouvinte de histórias, muito me alegra, pois partilhar vivências com crianças me encanta e me presenteia com olhares famintos de histórias. Narrativas estas que ampliam meu repertório dentro da oralidade a ponto de conseguir discutir/pesquisar e oportunizar a professores possibilidades na arte de contar histórias”, celebra a artista e mediadora literária, Gilmara Goulart.

O projeto “Conta que te conto: circulação e formação”, de Gilmara Goulart, é contemplado pela Lei Paulo Gustavo, Timbó. Acompanhe as novidades pelo www.instagram.com/vemcultural

Gilmara Goulart

É artista e mediadora literária. Graduada em Pedagogia pela FURB/Blumenau, Especialista em Educação: Leitura, Literatura e Letramento pela Hansa Hamônia/ Ibirama. Gilmara é Mestre em Educação – FURB, 2014. Diretora da Escola de Artes VEM Cultural de Timbó, professora e coordenadora do Projeto Uni Duni Tê – Contadores de Histórias de Timbó. Trabalha há mais de 15 anos com espetáculos de Contações de Histórias e oficinas literárias.

Atua em cursos de pós-graduação em Contação de Histórias e Literatura Infantil. Professora do Projeto Conexão do SENAC/SC. Ocupa a cadeira número 2 da Academia de Letras do Brasil Santa Catarina, Seccional Timbó. Sua principal publicação é ‘Narrativas tecidas no letramento familiar: histórias de idosos produtores de textos’, sua dissertação de Mestrado. Circulou no Projeto Baú de Histórias do SESC/SC com o espetáculo Contos Orientais durante o ano de 2023. 

Programação

Dia 19 de março
Às 8h30min, na UPE Pequeno Príncipe
Às 10h15min, na UPE Girassol
Às 13h30min, na UPE Pequeno Príncipe
Às 15h, na UPE Girassol

Dia 20 de março
Às 8h30min, na UPE Violeta
Às 10h15min, na UPE Hortênsia
Às 13h30min, na UPE Violeta
Às 15h, na UPE Hortênsia 

Relacionadas