Região

Policial militar manda áudio aos familiares antes de cometer suicídio

Fabiano pede desculpas aos familiares após cometer chacina

Policial militar manda áudio aos familiares antes de cometer suicídio
Foto: Divulgação / Arquivo Pessoal

O policial militar que matou oito pessoas e cometeu suicídio logo após nas cidades de Toledo e Céu Azul, na região Oeste do Paraná, enviou um áudio aos familiares antes de tirar a própria vida.

PUBLICIDADE

No áudio, Fabiano Junior Garcia pede desculpa à família e diz que o motivo pelo qual teria cometido os atos foi a demonstração de sua esposa de que não estaria mais interessada em continuar com o casamento. Um segundo motivo seria sua situação financeira difícil.

O policial cita o momento depressivo que estava passando, diz que se apegou a um jogo como uma válvula de escape e acabou se afastando ainda mais da esposa. Ele diz que há um tempo queria fazer isso, pois não conseguia conviver com a situação que sua mãe passava, e que para não deixar peso para ninguém, cometeu a chacina.