Região Santa Catarina

Polícia Civil e Justiça Federal estudam termo de cooperação para a Justiça Restaurativa

Encontro ocorreu na sede da Delegacia Geral, em Florianópolis

Polícia Civil e Justiça Federal estudam termo de cooperação para a Justiça Restaurativa
Foto: Polícia Civil / divulgação

Uma reunião ocorrida na manhã de terça-feira (12) na sede da delegacia Geral de Polícia Civil, em Florianópolis, teve como pauta a elaboração de um termo de cooperação entre a Polícia Civil e o Centro de Justiça Restaurativa (Cejure), da Justiça Federal. O encontro reuniu o delegado-geral da Polícia Civil de SC, Marcos Flávio Ghizoni Júnior, a coordenadora do Cejure, juíza federal Simone Barbisan Fortes, e a servidora do órgão, Karine Mattos.

PUBLICIDADE

Simone apresentou ao delegado informações sobre o chamado movimento restaurativo, uma iniciativa que vem sendo estruturada na Seção Judiciária de Santa Catarina e em toda a 4ª Região da Justiça Federal. “Trata-se de uma nova abordagem da Justiça Federal em que estamos nos aproximando de diversos setores e a Polícia Civil é importante justamente por ter essa capilarização, para chegarmos nas pessoas e nas comunidades”, destacou a coordenadora.

Segundo ela, os CEJUREs atuam em ações tais como círculos de construção de paz, mediação vítima-ofensor-comunidade, entre outras, com a garantia de confidencialidade e o bem-estar dos envolvidos. A equipe da Justiça Federal também visitará esta semana a Academia da Polícia Civil (Acadepol/PCSC), em Canasvieiras, no Norte da Ilha.

Relacionadas