Região Santa Catarina

Morre Preta Keity, pioneira do Rap em Santa Catarina

Keite Prudêncio tinha 36 anos e residia em Criciúma

Morre Preta Keity, pioneira do Rap em Santa Catarina
Foto: divulgação

Morreu na madrugada desta sexta-feira (13) em Criciúma, no Sul do estado, a rapper catarinense Preta Keity, de 36 anos, considerada uma das pioneiras do hip-hop em Santa Catarina. Nascida Keite Sebastião Prudêncio, Preta Keity trabalhava atualmente como agente comunitária de saúde no bairrio Renascer. Era musicista, líder comunitária e também fazia parte do projeto social “Nunca Pare de Sonhar”. Informações dão conta de que Preta teria sido vítima de um infarto.

PUBLICIDADE

Em 2019, Preta gravou em Florianópolis seu clipe Tempos Modernos, com a participação da rapper Mc Versa, catarinense de Seara, que hoje vive da música em São Paulo. O video, todo gravado nas docas da cabeceira das pontes, se tornou um clássico da música aternativa da cena estadual.

Em maio de 2020, Preta se apresentou na abertura de um show do rapper Projota, em Içara. No mesmo ano, fez um show no Festival Bradamundo, em Santa Rosa do Sul. Além disso, fez apresentações no Farol de Santa Marta, em Laguna, Urussanga, e em Brusque.

Na plataforma Apple, seguem disponíveis quatro de suas músicas: Cresci Uma e Sou Muitas, A Essência, Medo do Escuro e Canção da Redenção. No Deezer, ela emplacou ainda Visões, Sulfocados e Realidade Paralela

O velório de Preta Keity ocorreu na Igreja Resplandecer de Deus, no bairro Renascer, em Criciúma. No sábado (14),  o corpo será cremado numa cerimônia para familiares, amigos e admiradores, que estão arrecadando recursos para pagar a cremação. Quem puder ajudar, pode doar a quantia que puder para o Pix (48)998662859.

Confira o clipe de Tempos Modernos:

Relacionadas