Região Blumenau

Monitoramento da Oktoberfest terá 220 câmeras com inteligência artificial

Uma novidade são os botões de emergência nos banheiros para pessoas com deficiência

Monitoramento da Oktoberfest terá 220 câmeras com inteligência artificial
Fotos: Eraldo Schnaider / Prefeitura de Blumenau

O esquema de segurança da 38ª Oktoberfest já está montado para garantir a tranquilidade e evitar ocorrências durante a maior festa alemã das Américas, que começa na próxima quarta-feira (4), em Blumenau. Neste ano, a Polícia Militar terá a parceria da empresa Minister, que vai disponibilizar soluções tecnológicas que prometem ajudar na redução dos crimes de furto e roubo.

PUBLICIDADE

A parceria contempla a instalação de 220 câmeras inteligentes dispostas no perímetro do Parque Vila Germânica, 20% a mais que na última edição. Esses equipamentos contam com tecnologia de alta performance de imagem e inteligência artificial embarcada, em conjunto com o software de monitoramento Intelbras Defense IA 3.0. 

Assim, é possível fazer o reconhecimento facial dos visitantes com 50 câmeras, auxiliando na identificação e busca de pessoas – não apenas pelos traços do rosto, mas também pela cor de roupa, acessórios, gênero, idade e outros. Ao todo, o sistema consegue identificar 32 rostos simultaneamente distinguindo pessoas e/ou evitar ocorrências.

Nesta edição, a empresa segue com as body cams ou câmeras operacionais portáteis. Uma solução que fica acoplada no peitoral dos profissionais de segurança, auxiliando no monitoramento da festa, no esclarecimento de eventos, além de levar a um melhor comportamento entre os agentes e os cidadãos.

Botões de emergência

A novidade neste ano são os botões de emergência nos banheiros exclusivos para pessoas com deficiência, seguindo o foco da festa em 2023 que é garantir a acessibilidade. Com a novidade, é possível apertar o botão de emergência e solicitar ajuda direta à Central de Monitoramento da festa que fará o trabalho de forma rápida e eficiente.

Limpeza e segurança

Ao todo, 325 profissionais da limpeza e higienização estarão atuando durante a festa. Estes serão segmentados por setores e identificados pelas cores de colete, sendo: branco para a limpeza de mesas, amarelo para a limpeza de banheiros e verde para a limpeza de lixeiras.

Já no setor de segurança e monitoramento, serão 234 funcionários. Além das 220 câmeras internas, oito câmeras serão instaladas no entorno da festa; além das câmeras da Polícia Militar e de outras da Central de Controle Operacional (CCO), que são quatro.

Para a higienização também são utilizados diversos equipamentos como sanitizadoras, aspiradores de resíduos, lavadoras de piso, carrinhos de lixo motorizados e sopradores. 

Forças de segurança

Nesta edição, a festa terá um acréscimo significativo no número de policiais civis atuando diretamente na festa. A Polícia Civil trabalha durante os 19 dias com o registro de boletins de ocorrência, na autuação em flagrante dos autores de crimes ocorridos no interior da festa e no recebimento e entrega de objetos achados e perdidos.

“Em 2019, os números de furto registrados em outubro, quando comparados com o mês de setembro, tiveram um acréscimo de 160%. Já em 2022, após os dois anos de pandemia sem festa, registramos um aumento de 60% nos registros de furto de outubro. Isso mostra que nosso trabalho tem feito a diferença, por isso o nosso objetivo é inibir cada vez mais as atuações criminosas”, declarou a delegada regional, Juliana Tridapali.

A Polícia Científica também terá atuação em todos os dias da festa. A novidade deste ano é a possibilidade de identificação de pessoas por meio de sistema biométrico em complemento do sistema de identificação facial.

Já a Polícia Militar (PM) terá um efetivo presente de 290 policiais envolvidos diretamente com a festa. Como nos outros anosM a PM terá atuação nas modalidades de policiamento ostensivo a pé, com motocicletas, viaturas, drones, canil, tático e Rocam. 

Além disso, todos os desfiles da festa contam com policiamento e a presença dos policiais estará inclusive nos terminais urbanos e rodoviário, e na parte externa e adjacências da Vila Germânica.

“A atuação da Polícia Militar na Oktoberfest, hoje considerada nossa maior festa em Santa Catarina, conta com um grande desafio, mas que será cumprido como em todos os anos. Vamos atuar em conjunto com as demais frentes de segurança e empresas envolvidas no trabalho de fazer a festa acontecer para entregar um serviço de excelência para os nossos cidadãos”, finalizou o tenente-coronel da PM, Márcio Alberto Filippi.

Oktober Segura

Procurando manter uma Oktoberfest segura no mesmo padrão de 2022, quando excelentes números na segurança foram alcançados, a maior festa alemã das Américas contará com ações integradas entre as forças de segurança e empresas, que juntas trabalham para garantir um evento tranquilo.

A comissão de segurança da festa é presidida pelo secretário municipal de Trânsito e Transportes, Alexandro Fernandes. O grupo envolve diversas secretarias e órgãos ligados à organização do evento, que vão atuar de maneira integrada usando o que há de mais moderno em tecnologia.

Relacionadas