Região Santa Catarina

Ministério da Saúde quer intensificar vacinação contra HPV

Agora, a vacina passa a ser aplicada em dose única no Estado

Ministério da Saúde quer intensificar vacinação contra HPV
Foto: Divulgação / Ministério da Saúde

O Ministério da Saúde publicou uma Nota Técnica, na segunda-feira (1º), com o objetivo de intensificar a vacinação contra o Papilomavírus Humano (HPV). Agora, a vacina passa a ser aplicada em dose única no estado de Santa Catarina.

PUBLICIDADE

O objetivo do Ministério da Saúde é intensificar a proteção contra o câncer de colo do útero e outras complicações associadas ao vírus. Meninos e meninas, com idade entre 9 e 14 anos, continuam sendo o público-alvo da campanha.

Antes eram necessárias duas doses da vacina, com intervalo de 6 meses, agora o esquema de vacinação será finalizado com apenas uma, obedecendo as recentes recomendações da Organização Mundial da Saúde (OMS).

A mudança visa aumentar a adesão à vacinação para evitar novos casos de câncer de colo do útero. Segundo dados do Instituto Nacional do Câncer (INCA), o câncer de colo do útero é o quarto tumor mais frequente na causa de morte de mulheres.

Também podem ser vacinados contra o HPV pessoas de 9 a 45 anos, pacientes com HIV, transplantados de órgãos sólidos, pacientes oncológicos, imunossuprimidos por doenças, além de vítimas de abuso sexual. Nestes casos, o esquema de vacinação permanece em três doses.

Relacionadas