Região Mundo

Juntos até o fim: ex-premiê da Holanda e esposa morrem de mãos dadas por eutanásia

A Holanda permite que casais optem pelo procedimento

Juntos até o fim: ex-premiê da Holanda e esposa morrem de mãos dadas por eutanásia
Fotos: divulgação

O ex-primeiro-ministro da holanda Dries van Agt e sua esposa, Eugenie, morreram juntos neste fim de semana, num procedimento médico conhecido como por eutanásia. Os dois estavam internados num hospital na cidade de Nijmegen, no Leste do País, e permaneceram de mãos dadas enquanto os aparelhos eram desligados.

PUBLICIDADE

A morte do casal foi confirmada pela assessoria da fundação Pró-Palestina The Rights Forum, fundada por van Agt. O ex-premiê, que governou a Holanda entre 1977 e 1982, sofria de sequelas de uma hemorragia cerebral ocorrida em 2019, e sua esposa optou por não viver sem o marido.

De acordo com as leis holandesas, o procedimento é permitido para casais que assim optarem. Desde 2022, o governo já registrou 116 eutanásias duplas.

Relacionadas