Região Grande Florianópolis

Jorginho e Topázio voltam a se encontrar após anúncio de apoio do PL

Indústria lidera a geração de emprego, entre outros destaques

Autor
Jorginho e Topázio voltam a se encontrar após anúncio de apoio do PL

A obra que vai abrigar o MultiHospital onde funcionava o antigo Aeroporto de Florianópolis recebeu a visita do governador Jorginho Mello (PL) e da secretária de Estado da Saúde, Carmen Zanotto. Eles foram recebidos pelo prefeito, Topázio Neto (PSD), responsável pela reformulação do espaço que deve abrigar uma estrutura de atendimento de saúde à população.

PUBLICIDADE

O local vai ser o primeiro hospital municipal de Florianópolis e deve ter parceria com o Governo do Estado. A estimativa é de que sejam feitos mil atendimentos por dia e 500 cirurgias eletivas por mês.

Serão procedimentos de baixa e média complexidade como ortopédicas, de hérnia, vasectomia, entre outras, além de consultas especializadas e exames de diagnósticos a exemplo da endoscopia, colonoscopia e tomografia. Foi o primeiro encontro de Jorginho e Topázio, após o PL anunciar apoio à reeleição do prefeito.

Contorno viário

O senador Esperidião Amin (Progressistas) informou que um dos pontos críticos das obras do Contorno Viário da Grande Florianópolis, a trombeta, que será a ligação entre a BR-101 e o início do Contorno em Palhoça, no bairro Pacheco, teve todas as vigas sobre a BR-101 Sul lançadas. O cronograma para a entrega das obras segue confirmado para o dia 31 de julho. O gabinete do senador segue fiscalizando semanalmente as obras, através de relatórios e voos de drone.

Mulher: o voto que muda

Estimular a participação feminina na estrutura político-social e reconhecer a importância dos posicionamentos das mulheres e suas conquistas são o objetivo da campanha “Mulher: o voto que muda a política”, lançada em sessão especial na Assembleia Legislativa, presidida pela deputada Ana Paula da Silva, a Paulinha (Podemos).

Segundo dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), as mulheres representam 52% do eleitorado brasileiro, mas apenas 33% das candidaturas são femininas. Destas, apenas 15% são eleitas.

Geração de emprego

O setor industrial liderou a geração de empregos formais em Santa Catarina no acumulado de janeiro e fevereiro deste ano. Nos primeiros dois meses, foram abertas 29 mil novas vagas na indústria. Segundo o Observatório FIESC, pela ordem, os setores têxtil, de confecção, de couro e calçados; da construção; de alimentos e bebidas; e de madeira e móveis foram os que mais criaram oportunidades.

Considerando-se todos os setores da economia catarinense, foram criados 52,2 mil novos postos no primeiro bimestre do ano. Somam-se aos 29 mil da indústria, 19,3 mil empregos do setor de serviços, 3,8 mil da agropecuária e 99 do comércio.

Marcelo Lula é jornalista e radialista. Atuou em emissoras de rádio e jornais no Rio Grande do Sul e em Santa Catarina. Atualmente, faz comentários na Condá FM de Chapecó e na Rede Guararema de Rádios.

O jornalista tem se destacado por furos de fatos de grande repercussão em Santa Catarina, além de matérias investigativas e revelações dos bastidores de importantes investigações e da política.

Relacionadas