Região Brasil

Jogador Wallace é sentenciado à prisão por postagem contra Lula

Para evitar a prisão, atleta optou pelo pagamento de multa de R$ 20 mil

Jogador Wallace é sentenciado à prisão por postagem contra Lula
Foto: Tom Pennington/Getty Images

Depois de criticar o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) com um discurso bastante agressivo, o jogador de vôlei Wallace, do Cruzeiro, foi condenado a três meses e 15 dias de prisão. De acordo com o o juiz Jorge Gustavo de Macedo Costa, do Tribunal Regional da 6ª região, em Belo Horizonte, o atleta, campeão olímpico teria instigado a violência.

PUBLICIDADE

Para evitar a prisão, Wallace optou pelo pagamento de multa de R$ 20 mil. Segundo o magistrado, “a instigação, no contexto político instaurado no país à época, seria facilmente capaz de inspirar que o comportamento sugerido migrasse do plano das ideias para o plano da realidade”.

O motivo que levou o jogador a condenação foi uma enquete compartilhada em suas redes sociais, onde os participantes se demonstraram favoráveis a um atentado contra Lula.

“Esse estímulo se ampliou diante o compartilhamento do assombroso resultado da enquete, indicativo de que a maior parte do público executaria o homicídio da autoridade máxima do país, o que poderia encorajar o efetivo cometimento do fato sob a justificativa falaciosa de refletir a vontade da maioria”, continuou Jorge Gustavo de Macedo Costa.

Wallace utilizou imagem em clube de tiro

A polêmica teve o seu início no dia 31 de janeiro, quando o Wallace participava de um treinamento em um clube de tiro. A arma na mão do oposto estimulou um torcedor, que perguntou se o atleta daria um tiro em Lula.

Sem titubear, o atleta respondeu ao seu seguidor e promoveu uma enquete com a republicação do questionamento na sequência. Na votação, Wallace perguntava: “alguém faria isso” e a opção “sim” teve o maior número de votos.

Além de ter sido alvo de críticas, Wallace recebeu uma punição do Comitê Olímpico Brasileiro que o impediu de atuar em partidas de vôlei, incluindo jogos da seleção e do Cruzeiro. O jogador cumpriu a pena de 90 dias e atualmente está disputando a Superliga pelo Cruzeiro.

Relacionadas