Região Grande Florianópolis

Maus-tratos: indiciada mulher que deixou cães presos e mudou de casa

Um dos animais é paraplégico, segundo a polícia

Maus-tratos: indiciada mulher que deixou cães presos e mudou de casa
Foto: Divulgação / Polícia Civil

Uma mulher foi indiciada por maus-tratos contra animais após vizinhos denunciarem que ela teria se mudado de uma residência e deixado três cães, um deles paraplégico, presos na sacada do imóvel localizado em Palhoça, na Grande Florianópolis.

PUBLICIDADE

De acordo com a investigação, realizada pela Polícia Civil, por meio da Delegacia de Proteção Animal (DPA), a mulher teria deixado os cachorros sem acesso a alimentação ou a água, em um espaço aberto, sem abrigo de sol ou de chuva.

Ao ser questionada, ela afirmou à polícia que uma chave da casa teria ficado com seu irmão, para que ele retornasse e buscasse os animais. No entanto, as autoridades não aceitaram essa versão, pois imagens mostraram que as alegações seriam falsas.

Moradores das imediações onde os cães foram deixados decidiram denunciar após perceberem que eles estariam vivendo em meio à sujeira e comendo as próprias vasilhas de ração e água que ficaram vazias no local.

Indiciada pelo crime de maus-tratos qualificado contra cães, a mulher poderá responder em até 5 anos de prisão, além do pagamento de multa. O documento será avaliado pelo Poder Judiciário.

Já os cães, denominados “Chocolate”, “Baunilha” e “Lord”, foram resgatados, acolhidos por uma protetora de animais e encaminhados para lar temporário. Agora, os três aguardam pela adoção responsável.

Relacionadas