Região Santa Catarina

Grupo que movimentou R$ 5 milhões por descaminho é alvo da PF

Segundo a PF, o valor deveria ter gerado R$ 1 milhão em impostos

Autor
Grupo que movimentou R$ 5 milhões por descaminho é alvo da PF
Foto ilustrativa / Polícia Federal

A Polícia Federal deflagrou nesta terça-feira (2) uma operação com o objetivo de coibir a venda de produtos eletrônicos pela Internet, que entraram no país sem o recolhimento dos devidos impostos, ou seja, por descaminho. Foram cumpridos quatro mandados de busca e apreensão contra o grupo em Laguna, região Sul de Santa Catarina.

PUBLICIDADE

As apurações, realizadas em conjunto com a Receita Federal, concluíram que os quatro investigados realizavam o comércio ilegal de mercadorias, especialmente de aparelhos de celular, por meio de plataformas digitais.

A PF identificou que o grupo realizou grandes movimentações financeiras suspeitas, em valores superiores a R$ 5 milhões. Este valor, segundo a estimativa, poderia gerar ao menos R$ 1 milhão em tributos devidos que não foram recolhidos aos cofres públicos.

Pela prática do crime de descaminho, os investigados poderão ser apenados em até cinco anos de reclusão. Ninguém foi preso, mas as investigações continuam.

Relacionadas