Região Balneário / Itajaí

Morre músico e compositor de Itajaí que lutava contra o câncer

Morreu neste domingo (26) o músico e compositor catarinense Fernando Knoll das Neves. Fernandinho, como era conhecido, tinha 34 anos e lutava contra o câncer. A Prefeitura de Itajaí, onde ele morava, emitiu uma nota de pesar em solidariedade à família e aos amigos. PUBLICIDADE O guitarrista teve uma trajetória musical de destaque na cidade […]

Autor
Morre músico e compositor de Itajaí que lutava contra o câncer
Foto: Divulgação

Morreu neste domingo (26) o músico e compositor catarinense Fernando Knoll das Neves. Fernandinho, como era conhecido, tinha 34 anos e lutava contra o câncer. A Prefeitura de Itajaí, onde ele morava, emitiu uma nota de pesar em solidariedade à família e aos amigos.

PUBLICIDADE

O guitarrista teve uma trajetória musical de destaque na cidade e região, com 20 anos de carreira artística. Foi aluno do curso de guitarra da primeira turma do Conservatório de Música Popular de Itajaí e formou-se em 2009. Era também bacharel em Guitarra pelo curso de Música da Universidade do Vale do Itajaí (Univali), em 2016.

Foi integrante e fundador da banda Exodub, na qual gravou e produziu, em parceria com Oliver Dezidério, o CD “Linha de frente”. Possui ainda participação nas gravações dos trabalhos de Thales Nunes (Cantable) e Rodrigo Suave (Traçado Bem Brasileiro) e em dois episódios do programa “Nossa Toca”.

Participou de diversas edições do Festival de Música de Itajaí, evento que contribuiu com sua formação e prática musical. Realizou a direção musical do trabalho do cantor e compositor Maloka Nunes, premiado no 6º Festival da Canção de Balneário Camboriú, como melhor canção e melhor instrumentista para o próprio guitarrista.

Também foi idealizador e guitarrista da banda Felaclan junto com a cantora carioca Larissa Marinônio e o baixista Lucas Phillip. Junto com Phillip e Elvis Pauli gravou o álbum “Trio Nó de Oito”. Era professor na Escola Laboratório da Música, onde lecionava aulas de guitarra e violão. Atualmente, era produtor na Oito8 Produções.

A Fundação Cultural de Itajaí enalteceu o legado deixado pelo artista para toda cidade. “Suas contribuições se perpetuam em sua música e obra”, diz a nota. O velório será no Crematório Vaticano em Balneário Camboriú a partir das 18h deste domingo e a cerimônia de despedida ocorrerá na segunda-feira (27), às 11h.