Região Blumenau

Blumenau amplia ajuda nas cidades gaúchas de Estrela e Lajeado

Profissionais e da assistência social devem ajudar os desabrigados

Autor
Blumenau amplia ajuda nas cidades gaúchas de Estrela e Lajeado
Destruição na cidade de Estrela, no RS. Foto: Giovane Souza

As equipes da Prefeitura de Blumenau que atuam nas cidades de Estrela e Lajeado, no Rio Grande do Sul, foram ampliadas nesta semana. Servidores das secretarias de Saúde, Educação e Desenvolvimento Social se juntam aos servidores do Samae e da Intendência da Vila Itoupava que atuam nesses municípios, que figuram entre os mais atingidos pelas cheias no estado gaúcho.

PUBLICIDADE

A grande novidade, apresentada em uma coletiva de imprensa na manhã desta segunda-feira (20), foi a ida de oito profissionais para atender e auxiliar os abrigos das duas cidades. São sete assistentes sociais (sendo cinco da Semudes, uma da Semed e uma da Amve), uma educadora social e um motorista que irão atuar diretamente nos abrigos.

“Essa equipe tem experiência na gestão de abrigos, muitos atuam com isso desde 2008. Queremos levar todo esse conhecimento para auxiliar as equipes de lá, pois a gente sabe que muitas pessoas não têm para onde voltar e devem ficar muito tempo nos abrigos”, conta a secretária da Semudes, Patrícia Morastoni Sasse.

Neste fim de semana, a equipe de saúde que estava lá foi substituída. Os profissionais que passaram a primeira semana no RS relataram as experiências vividas em meio à tragédia.

“Nosso foco foi trabalhar com a gestão. Ou seja, com as pessoas que atendem os desabrigados, a população que perdeu tudo. Esses profissionais também estão muito abalados e muitas vezes sobrecarregados, pois é uma demanda que ninguém esperava absorver. Com o auxílio que estamos dando para eles, temos certeza que conseguirão desempenhar ainda melhor as funções e os desafios que vão encontrar”, explicou o psicólogo Antônio Gomes da Rosa.

O prefeito Mário Hildebrandt também informou que está em contato com um empresário de Blumenau e que, na quarta-feira (22), deve viajar para as cidades gaúchas para conversar com os prefeitos e entender as necessidades deles.

“A Prefeitura de Blumenau está disposta a ampliar o atendimento e a ajuda. Mas a gente não pode simplesmente mandar doações, equipes, sem entender a necessidade e a real situação das cidades. Existe uma grande dificuldade logística, de armazenamento de insumos, que a gente precisa conhecer para poder saber como e quando ajudar”, declarou.

Nesta segunda-feira também foram mais dois caminhões e duas retroescavadeiras, além de mais servidores do Samae para seguir com a ajuda na limpeza e desobstrução das ruas.

Campanha de arrecadação

A campanha de arrecadação de mantimentos de Blumenau para o RS encerra nesta segunda-feira, com doações sendo recebidas apenas no setor 3 do Parque Vila Germânica. Nesta terça-feira (21), sai a última carga para as cidades de Lajeado e Estrela, conforme a necessidade que elas apresentarem.

Relacionadas