Região Balneário / Itajaí

Empresário sócio da Píer 141 morre de Covid-19 em Itajaí

Vilmar Olegini, o Nelinho, tinha 65 anos e aguardava uma vaga na UTI

Empresário sócio da Píer 141 morre de Covid-19 em Itajaí
Foto: Facebook / divulgação

A Covid-19 provocou sua 501ª morte em Balneário Camboriú. Foi confirmada no domingo (31), a morte do empresário Vilmar Olegini, de 65 anos, conhecido como Nelinho, sócio-proprietário da casa de shows Píer 141. Ele estava internado desde a quinta-feira (28) na UPA do Centro Integrado de Saúde, aguardando uma vaga na UTI no hospital Marieta Konder Bornhausen, mas não resistiu à insuficiência respiratória.

PUBLICIDADE

De acordo com funcionários da UPA, Nelinho chegou a ficar 48 horas entubado, respirando com auxílio de equipamentos. A hora da morte foi registrada às 5h da madrugada de domingo (31). O velório está ocorrendo nesta segunda-feira (1º) no cemitério Vaticano, antigo Bosque das Palmeiras, no bairro Fazenda, em Itajaí. O sepultamento deve ocorrer no final da tarde.

Relacionadas