Região Santa Catarina

Formulário de doação de órgãos passa a ser digital e gratuito

Além disso, o indivíduo tem o direito de escolher quais órgãos quer doar

Autor
Formulário de doação de órgãos passa a ser digital e gratuito
Foto: Divulgação / Internet

As pessoas que desejam ser doadoras de órgãos, poderão formalizar sua vontade através de documento oficial de forma online e gratuita. A partir dessa terça-feira (2), a autorização para a doação de órgãos pode ser feita através do site ou do aplicativo do Conselho Nacional de Justiça (CNJ).

PUBLICIDADE

A iniciativa tem como objetivo facilitar e tornar o processo de doação de órgãos mais acessível. A partir dessa autorização, a manifestação da vontade ficará registrada em uma base de dados acessível aos profissionais de saúde.

Hoje, mais de 42 mil brasileiros esperam na fila de transplantes, desse total 500 são crianças. Agora a vontade registrada em uma base de dados permitirá que os profissionais de saúde apresentem à família, no momento do óbito, a vontade da pessoa falecida.

No documento oficial, com plena validade jurídica, elaborado por um tabelião de notas, a pessoa poderá comprovar seu desejo expressado em vida. A iniciativa vai diminuir a fila de espera de pessoas que esperam por órgãos.

Para fazer o registro é simples. A pessoa preenche um formulário online no site da AEDO. O formulário é recebido pelo Cartório de Notas selecionado de acordo com seu município. Após isso, é agendada uma sessão de videoconferência entre o tabelião e o solicitante.

Após a confirmação, solicitante e funcionário do cartório assinam digitalmente a AEDO, que fica disponível para consulta no Sistema Nacional de Transplantes. Além disso, o indivíduo tem o direito de escolher quais órgãos quer doar.

Relacionadas