Região Balneário / Itajaí

Prefeitura de Itajaí cancela a Festa do Colono

Governo justificou custos elevados para a realização do evento

Autor
Prefeitura de Itajaí cancela a Festa do Colono
Foto: Arquivo / Prefeitura de Itajaí

A prefeitura de Itajaí decidiu cancelar a 39ª edição da Festa Nacional do Colono. O evento integra o calendário das festividades da cidade e homenageia os agricultores do município.

PUBLICIDADE

Em nota oficial na manhã desta segunda-feira (17), a Secretaria de Agricultura informou que os custos, estimados em R$ 3 milhões, foram o motivo para o cancelamento.

“Ao analisarmos detalhadamente, constatamos que a Festa do Colono representaria um ônus considerável para a Secretaria de Agricultura e Expansão Urbana, correspondendo a cerca de 25% do seu orçamento anual”, afirmou a prefeitura.

No comunicado,a prefeitura de Itajaí diz que aplicará os recursos destinados à festa na infraestrutura da área rural, que corresponde a 70% do território do município. A intenção, de acordo com o governo municipal, é melhorar as estradas e acessos no interior, e assim garantir condições de escoamento da produção agrícola.

Com o cancelamento do evento principal, também foi suspensa a escolha da rainha da festa. No entanto, como forma de homenagear os trabalhadores do campo, a Secretaria promoverá um evento exclusivo para os agricultores cadastrados.

Shows nacionais e exposições

A prefeitura realiza anualmente a Festa do Colono no mês de julho no Parque do Agricultor Gilmar Graff, na localidade da Baia. Na década de 1990, a festa foi ampliada com shows nacionais e feiras de implementos agrícolas. O evento também têm atrações regionais, festivais de violeiros, exposição de animais, bem como, produtos agrícolas locais.

Relacionadas