Região Brasil

Catarinense Filipe Luís é homenageado pelo Flamengo e chora em despedida do futebol

O lateral-esquerdo foi homenageado pelo clube e pela torcida

Catarinense Filipe Luís é homenageado pelo Flamengo e chora em despedida do futebol
Foto: Marcelo Cortes/Flamengo

O domingo (3) foi de muita emoção no Maracanã. Além da vitória sobre o Cuiabá por 2 a 1, o Flamengo teve a despedida do zagueiro Rodrigo Caio e do jaraguaense Filipe Luís, que decidiu encerrar sua carreira no futebol.

PUBLICIDADE

Antes da bola rolar, o lateral-esquerdo foi homenageado pelo clube e pela torcida, que ergueu um mosaico com a frase “Fizeram história” e outro em 3D mostrando o jogador ao lado do avô com a frase “De pai para filho, de avô para neto”. Ao lado da família, ele se emocionou e foi às lágrimas.

Filipe Luís começou o jogo como titular e atuou até os 35 minutos do segundo tempo, quando foi substituído e ovacionado pelos torcedores, beijando o gramado antes de sair de campo.

O lateral de 38 anos e o zagueiro ainda estamparam os ingressos da partida. Os copos do jogo também tinham os rostos da dupla, com a mesma arte, lado a lado, trajados com a camisa rubro-negra.

A tendência é que Filipe Luís permaneça no Flamengo e exerça algum cargo no clube, que ainda não foi divulgado. Vale lembrar que ele já tem a Licença B da CBF e, neste mês, iniciará as aulas para a Licença A para poder comandar clubes profissionais.

Um dos maiores nomes da história do Flamengo, o lateral fez 175 jogos pela equipe desde 2019, com 111 vitórias, 32 empates, 32 derrotas e quatro gols marcados.

Foram 10 títulos conquistados: duas Libertadores (2019 e 2022), dois Brasileiros (2019 e 2020), uma Copa do Brasil (2022), duas Supercopas (2020 e 2021), uma Recopa Sul-Americana (2020) e dois Cariocas (2020 e 2021).

Revelado no Figueirense, Filipe Luís teve uma grande trajetória na Europa antes de chegar ao Rubro-Negro. Fez sucesso na Espanha, defendendo o Deportivo La Coruña e Atlético de Madrid, onde também se tornou ídolo.

Ele ainda teve passagem pelo Real Madrid ‘B’ e Chelsea, da Inglaterra. Pela seleção brasileira, disputou a Copa do Mundo de 2018, na Rússia, além de ser campeão da Copa América de 2019.

Relacionadas