Região Santa Catarina

Câmara no interior de SC é comandada só por mulheres vereadoras

Legislativo de Águas Frias inspirou campanha lançada pela Alesc

Autor
Câmara no interior de SC é comandada só por mulheres vereadoras
Mulheres vereadoras comandam a Mesa principal em Àguas Frias. Foto: Rodolfo Espínola/Agência AL RádioAL

A pequena cidade de Águas Frias, no Oeste catarinense, está na contramão da grande maioria dos municípios do Brasil quando o assunto é representatividade feminina na política. Nas últimas eleições municipais, em 2020, os quase 3 mil eleitores elegeram mais mulheres para a Câmara de Vereadores do que homens.

PUBLICIDADE

Mais que isso, a Mesa Diretora do Legislativo Municipal é comandada somente por mulheres, sob a presidência da vereadora Ediane de Carli Trevelin (MDB). Outras três mulheres completam a Mesa diretora da Câmara: Luana Basso (PSDB), Tatiane Andressa Sabino (PSD) e Simoni Ballena (MDB).

Em toda Santa Catarina, além de Águas Frias, somente a cidade de Ipira, também no Oeste, tem mais mulheres vereadoras que homens na Câmara. Nas últimas eleições municipais de 2020, mais de 12% dos municípios catarinenses não elegeram nenhuma mulher para atuar nos seus legislativos. Dos 2.980 vereadores catarinenses, somente 525 são mulheres, 17,6% do total.

Ediane conta que nunca se imaginou na política, mas quando veio o convite para a candidatura teve o apoio da família. “Como a minha família me apoiou e me incentivou, eu aceitei ir. Quando abriram as urnas, eu fui a mulher mais votada. Então, para mim, foi uma sensação muito gratificante. Jamais me arrependo disso. Fiquei nove anos no conselho da comunidade, fui coordenadora catequista. Quando resolvi ser candidata, a minha comunidade me ajudou muito”, relembra.

Mulheres vereadoras comandam Águas Frias

“O exemplo que tivemos na última eleição vai incentivar mais, porque a mulher tem um papel muito importante, não só na política, mas em toda a sociedade, e esperamos sim que na próxima eleição estejam mulheres aqui de novo, para que possam desenvolver esse município, pois mulheres pensam bem mais que os homens, não desfazendo os homens, mas tem um pensamento mais crítico, e isso que queremos, sempre pensando no coletivo de Águas Frias”, destaca o prefeito Luiz José Daga (MDB).

A pequena cidade de Águas Frias, no Oeste catarinense, está na contramão da grande maioria dos municípios do Brasil quando o assunto é representatividade feminina na política.
Mulheres vereadoras em Águas Frias. Foto: Rodolfo Espínola/Agência AL RádioAL

O exemplo da presença feminina na política vindo de Águas Frias estimulou uma campanha lançada nesta semana na Assembleia Legislativa, em Florianópolis. A iniciativa se chama Mulher, o Voto que Muda a Política, uma ação da Procuradoria da Mulher.

Na cerimônia de lançamento, o Parlamento homenageou lideranças femininas que ocupam lugar de destaque nos segmentos político, jurídico, empresarial e acadêmico. Representando Águas Frias, estiveram na cerimônia as vereadoras Luana Basso e Simoni Ballena.

A cerimônia contou com a presença da presidente do Tribunal Regional Eleitoral (TRE/SC), Maria do Rocio, da vice-governadora de Santa Catarina, Marilisa Bohem, e do presidente da Alesc, deputado Mauro de Nadal (MDB).

“Num Parlamento que se orgulha de ter a eleição da primeira deputada negra do Brasil, Antonieta de Barros, a pauta da mulher precisa ir além de reconhecer as conquistas do passado. Acima de tudo, temos o dever de construir um futuro em que a mulher seja ainda mais partícipe da história”, defende a coordenadora da Secretaria da Mulher da Alesc e da Bancada Feminina, deputada Paulinha (Podemos).

Relação das homenageadas

Luciane Bisognin Ceretta – Presidente da ACAFE

Ana Cristina Ferro Blasi – Desembargadora TRF4 – Juíza do TRE

Marcilei Vignatti – Presidente da Federação das Câmaras de Vereadores de Santa Catarina, UVESC.

Maria do Rocio Luz Santa Rita – Desembargadora Presidente do TRE/SC

Cláudia Prudêncio – Presidente da Ordem dos Advogados do Brasil – Seccional de Santa Catarina.

Janiara Maldaner Corbetta – Juíza presidente da Associação dos Magistratura Catarinense.

Marilisa Boehm – Vice-governadora de Santa Catarina.

Marisa Luciana Schvabe – Presidente do Conselho Regional de Contabilidade

Sorilei Aparecida Thiele Dapper – Vereadora de Navegantes

Giselle Chirolli – Vereadora de Blumenau

Déborah Almada – Presidente da Associação Catarinense de Imprensa (ACI)

Joana Célia dos Passos – Vice-reitora da UFSC

Fernanda Vanhoni – Vice-Presidente do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia

Zélia Terezinha de Souza – Servidora efetiva com mais tempo de atividade da ALESC

Rosália Soares – Servidora terceirizada com mais tempo de atividade da Alesc

Maria da Graça Rogério – Servidora terceirizada com mais tempo de atividade da Alesc

Zena Becker – Secretária Municipal de Turismo, Esporte e Cultura de Florianópolis

Câmara de Vereadores de Águas Frias: Ediane de Carli Trevelin, Luana Basso, Simoni Ballena e Tatiane Andressa Sabino.

Câmara de Vereadores de Ipira: Arlete Teresinha Huf, Isabel Cristina Hilgert Koch, Professora Ozaide, Janete Angeli da Mota e Bernadete Schwingel.

Relacionadas