Região Brusque

Brusque ultrapassa 270 casos de dengue em 2024

Boletim foi divulgado nesta segunda; cidade tem 233 focos do mosquito Aedes Aegypti

Brusque ultrapassa 270 casos de dengue em 2024
Foto: Ilustrativa

Brusque já registrou 271 casos de dengue em 2024, com 233 focos do mosquito Aedes Aegypti espalhados em 25 regiões da cidade. Os dados foram divulgados nesta segunda-feira (11), pela Diretoria de Vigilância em Saúde. Há um paciente internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e 14 pacientes internados em enfermaria hospitalar.

PUBLICIDADE

O levantamento também revelou os bairros onde as ocorrências estão concentradas. O bairro Limeira Baixa é o mais atingido, com 42 casos confirmados de dengue. Na sequência, os bairros: Águas Claras, Azambuja, Bateas, Cedrinho, Cedro Alto, Centro I, Dom Joaquim, Maluche, Planalto, Primeiro de Maio, Rio Branco, Santa Terezinha, São João, São Luiz, São Pedro, Steffen, Guarani, Limoeiro, Nova Brasília, Poço Fundo, Santa Rita, Zantão, Tomaz Coelho, Volta Grande, Limeira Alta e Cerâmica Reis.

Focos

O Programa de Combate a Endemias listou, ainda, os bairros de Brusque com mais incidência de focos do mosquito transmissor da dengue, chikungunya e zika. Confira:

Águas Claras – 20 focos;
São Pedro – 19 focos;
Centro II – 18 focos;
Cedrinho e Limeira – 14 focos cada;
Bateas e Santa Luzia – 12 focos cada;
Azambuja, Centro I e Dom Joaquim – 11 focos cada;
Primeiro de maio – 10 focos;
Souza Cruz, Rio Branco e Guarani – nove focos cada.
Nova Brasília e Steffen – oito focos cada;
Santa Rita – sete focos;
Maluche e Tomaz Coelho – seis focos cada;
Limoeiro e São Luiz – cinco focos cada;
Poço Fundo com quatro; Santa Terezinha – três e
Cedro Alto e Ponta Russa – um foco cada.

Orientações

Em caso de sintomas de dengue, a orientação é procurar a Unidade Básica de Saúde (UBS) mais próxima, para o primeiro atendimento. Após a avaliação, será dado o encaminhamento necessário.

Denúncias e alertas

As denúncias de possíveis criadouros do mosquito transmissor podem ser feitas via WhatsApp, somente em formato de texto, no (47) 9 8813-0095, ou por ligação no número 156, da Ouvidoria Municipal.

É possível receber alertas de casos e focos da dengue em determinado bairro. Para se cadastrar adicione o número (61) 2034-4611 e envie uma mensagem via WhatsApp informando a localidade. Ou envie uma mensagem de texto (SMS) com o CEP para o número 40199.

Relacionadas