Região Balneário / Itajaí

Polícia concluí investigação de execução em BC

Mandante encomendou o crime para se livrar de dívida de R$ 60 mil

Polícia concluí investigação de execução em BC
Foto: Reprodução

Em desdobramentos do caso no qual investiga a execução do empresário Marcos Antônio Serpa, de 37ª nos, em janeiro deste ano, na cidade de Balneário Camboriú, no litoral Norte, a Polícia Civil, prendeu um homem de 31 anos na sexta-feira (21) e, no final de semana deu por concluída a investigação. Dois homens são suspeitos de executar crime.

PUBLICIDADE

O homem detido na sexta seria o autor dos disparos que mataram a vítima. O comparsa dele, que no entendimento da polícia, acompanhou e deu cobertura ao executor durante o crime, já foi identificado, mas, ainda não foi localizado e é considerado foragido. Um terceiro envolvido, um jovem de 27 anos, suspeito de ser o mandante, já havia sido preso preventivamente na 1ª fase da investigação, em maio.

O assassinato ocorreu quando Marcos estava dentro de seu carro, uma Land Rover, parado em frente do prédio onde morava na Rua 901. Segundo testemunhas os dois estavam em uma bicicleta. Logo ao se aproximarem do carro de Marcos, o surpreenderam sacando uma arma e atirando várias vezes, sem que ele pudesse se defender. A vítima foi atingida com pelo menos três tiros na cabeça.

A motivação do crime, segundo resultado da investigação, seria acabar com uma dívida de R$ 60 mil que o mandante do crime tinha com o empresário que o estava ameaçando. Ainda de acordo com a Polícia Civil, Marcos já tinha registros de passagens policiais e era acusado de prática de crime de agiotagem, emprestando dinheiro a juros muito altos, e de utilizar de violência ou graves ameaças para cobrar os clientes.

Relacionadas